A IGREJA PODE MELHORAR O MUNDO?

 A IGREJA PODE MELHORAR O MUNDO?

Para o pastor Francis Chan, Pastor americano, certamente a igreja pode melhorar o mundo.

Ele fez um discurso transmitido ao vivo para diversos locais nos Estados unidos, há alguns meses.

Nele, pediu para que as igrejas mostrem o Evangelho como ele é de fato, mesmo que isso não seja popular.

Citando II Coríntios 4:3, 4: “ Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.

Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos…”

Aliás, o Pastor Chan ainda completou, dizendo que acredita que é o momento de as igrejas fazerem um trabalho melhor.

Para ele, todavia, se cada uma atuar da forma correta em sua comunidade, o resultado será um mundo melhor.

Como fazer um trabalho melhor

A melhoria vem da verdade. Precisam ensinar “o temor a Deus”, advertir a todos que “há um julgamento por vir”.

“Jesus não teve nenhum problema em perder a multidão. Estamos apaixonados por números. Jesus não estava”, criticou Chan.

Sobretudo, é preciso falar mais sobre julgamento final. Sobre as consequências dos atos praticados em vida pelos fiéis.

Ressaltar somente a santidade de Deus, não pode ser a única missão da igreja. É preciso ensinar a totalidade das escrituras.

É preciso ensinar que “A Bíblia é muito mais sobre o julgamento de Deus”, antes de tudo.

Para Chan, “Deus quer que Sua Igreja seja pura”. Acima de tudo, corajosa, para ensinar o verdadeiro sentido do Evangelho.

Decerto, esses ensinamentos podem levar a criação de uma comunidade melhor no mundo. Que seja menos numerosa, porém mais consciente.

Jesus falava sempre em propagar o Evangelho ao mundo. E não teve problemas em perder a multidão.

Somos bitolados em números e esquecemos que pregar o evangelho, não é convencer a todos. Somente os que são tocados por ele.

Como a igreja deve atuar para melhorar o mundo?

comunidade melhor

comunidade melhor

Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15).

Portanto, ide, ensinai todas as nações . . . ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado;

E eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos” (Mateus 28:19-20).

Essa missão hoje é da Igreja. Propagar o evangelho do Reino de Deus e trazer para a congregação mais discípulos.

O trabalho anteriormente delegado por Jesus, continua. Não terminou com os primeiros discípulos ou com a sua morte.

A obra dos apóstolos, assim como a missão da Igreja, é passada a cada geração do povo de Deus.

Jesus prometeu estar com seus seguidores, enquanto eles realizam essa obra ou até que Ele retorne.

Os novos Dirigentes devem se atentar para a conquista de novos fiéis, trazer para seus bancos os jovens da comunidade.

A igreja precisa de jovens: novas vozes, novas formas de ver as coisas.

Manter-se dentro da tradição das escrituras

Enquanto escrevia em 1964, “O Mundo em Chamas”, Billy Graham passou por uma saia justa com sua esposa.

O livro fala da crescente onda de descrença em Deus e a desvalorização moral da época citada.

Lendo os manuscritos, sua esposa, comentou: “Se Deus não castigar os Estados Unidos, Ele terá de pedir perdão para Sodoma e Gomorra”.

Basta observar a passagem bíblica, para concluir facilmente que já em 1964, Ruth, a esposa, tinha razão.

O que podemos dizer dos dias atuais então? Não somente nos Estados Unidos, como no mundo inteiro?

Isso, a Igreja atual, parece ter esquecido em seus cultos e pregações. Esses momentos onde identificamos a ira de Deus.

Tal padrão precisa ser retomado. Temos que saber que nosso deus é um pai misericordioso, piedoso e justo.

Entretanto, em nome da justiça, poderá sim, inegavelmente, exercer sua ira sobre os homens ímpios.

Construir uma comunidade melhor é obrigação de todos. Dentro e fora das Igrejas, é claro.

Como melhorar o mundo criando uma comunidade melhor

mundo melhor

mundo melhor

Mas dentro da igreja, o dever é dobrado.

O pleno conhecimento das escrituras, o temor a Deus, o ato de seguir seus mandamentos, tará ao mundo essa alegria.

“E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.”

Em Lucas 12:39,48 fica bem claro essa missão das Igrejas, já que nelas existem aqueles que se dedicam a estudar e ensinar.

O ensinar na sua comunidade deve ser pleno, sem a preocupação de agregar fiéis que não estão dispostos a vivência do Evangelho.

E sim, se preocupar com aqueles que aplicam seus ensinamentos nas melhores ou nas piores condições que a vida vier a oferecer.

Os filmes do ator e diretor Alex Kendrick demonstram esses momentos da vida: Corajosos, A grande virada, Prova de fogo.

Sobretudo, o Cristão deve por em prática seu conhecimento no cotidiano, em toda e qualquer ocasião, por mais difícil que ela seja.

 

 

 

Deixe um Comentario

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.